Mudança de perspectiva sobre o carmim

Os produtos processados de cor vermelha são muito atraentes para os consumidores, e as empresas de alimentos sabem disso, basta olhar para os sacos vermelhos de gomas ou todos os produtos “Veludo Vermelho”.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Neilsen Global Health and Ingredient Sentiment Survey, os consumidores tentam evitar sabores e cores artificiais. Isso basicamente nos diz que hoje em dia as pessoas estão tentando remover ingredientes sintéticos de sua dieta, preferindo aditivos naturais.

Embora esta tendência se concentre mais na preferência dos corantes naturais nos alimentos, verifica-se que um dos corantes naturais mais estáveis e eficientes está sob escrutínio crescente: Carmim de Cochonilha

Por muito tempo, Carmim tem sido uma escolha popular na Europa para obter uma cor vermelha natural, como uma alternativa muito eficaz às cores sintéticas. No entanto, durante algum tempo, esta cor natural esteve sob uma visão mais crítica devido a um descontentamento geral em relação à fonte a partir da qual a cor vermelha brilhante foi obtida. Quando se trata de cores naturais, os consumidores preferem que sejam de origem botânica. O simples fato de o carmim ser obtido de cochonilhas (insetos), foi um problema para os veganos, uma população crescente em todo o mundo.

No entanto, hoje em dia, a carmim ainda é um corante alimentar natural muito utilizado. Tem uma grande estabilidade ao calor e à luz, e é mais resistente à migração em comparação com outras alternativas comuns. De fato, o Carmim como corante natural é o aditivo mais utilizado em alimentos, como laticínios, produtos de carne, bolos, balas, doces, etc; e é preferido devido à sua grande estabilidade e poder de coloração.

Para maiores informações sobre estes e outros corantes, favor entrar em contato conosco no link a seguir.

+

CONTATE-NOS

    Cargando imágenes...